Você está aqui: HomeEntretenimentoTARAUACÁ: Terminais eletrônicos indisponíveis do Banco da CEF causam indignação na população do município.

TARAUACÁ: Terminais eletrônicos indisponíveis do Banco da CEF causam indignação na população do município. Destaque

Escrito por  Publicado em Entretenimento Segunda, 16 Julho 2018 12:44

Através das redes sociais, a população de Tarauacá manifestou sua indignação contra a agência da Caixa Econômica Federal, instalada no município.

A agência foi construída há poucos anos, onde havia um casarão histórico, que fora construído no início do século 20. O casarão foi demolido, sem a prévia participação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, Câmara de Vereadores, Prefeitura e demais órgãos públicos de proteção ao patrimônio histórico e cultural. A população hoje amarga a perda do casarão histórico como memória e patrimônio histórico e cultural.

CULTURA PERDIDA

Veja as fotos do antigo casarão histórico, à esquerda:

Nas fotos, antiga Rua Coronel Juvêncio de Menezes. À esquerda, o casarão histórico que foi demolido para a construção da agência local da Caixa Econômica Federal.

VIOLAÇÃO DOS DIREITOS DO CONSUMIDOR

No seu perfil na rede social, o Sr. André Aguiar, disse que “Mais um final de semana que esse banco deixa seus clientes sem serviços essenciais. Me recuso a acreditar que as nossas autoridades constituídas não querem tomar providências, haja vista que esse é um problema antigo aqui na nossa cidade. Agência 3339 da Caixa Econômica Federal de Tarauacá. Vou acionar judicialmente este banco“.

Os moradores de Tarauacá dispõem de apenas de 3 agências bancárias no município: uma agência do Banco do Brasil, uma agência do Banco Bradesco e uma agência da Caixa Econômica Federal. Todas apresentam graves problemas de atendimento ao público, com nítida e reiterada violação dos direitos do consumidor.

Código de Defesa do ConsumidorLei Federal nº 8.078, de 11.09.90, no município, parece que não é aplicado. As autoridades locais fazem vista grossa ao problema, que já dura quase 10 anos.

A Reportagem do Acre.com.br apurou que a Promotoria do Ministério Público Estadual do município, até o momento não logrou êxito em corrigir as falhas na prestação dos serviços bancários prestados ao consumidor tarauacaense. Também não há Termo de Ajuste de Conduta – TAC, obrigando as agências bancárias a melhorar os serviços prestados ao consumidor.

O tarauacaense Sr. Jonilson Cabral, disse que “Já fui bancário e digo que isso é proposital. Os bancos faturam bilhões com essa prática. Produza provas e entre com uma ação judicial por danos morais. Boa sorte“.

As pessoas indignadas com o descaso manifestaram a grande insatisfação que já dura anos. O tarauacaense Elivan Araújo disse “Verdade amigo cadê as autoridades do nosso município vereadores e prefeitos?“.

O esportista Dicélio Martins disse “aqui em Tarauacá não existe é nada“.

Freire Ozanan, morador de Tarauacá, afirmou que “Fizeram uma propaganda gratuita para essa instituição financeira que falha sempre com os seus clientes“.

Jonilson Cabral disse que “Reclamações em tribuna são falácias. O que vale é no papel”.

Os moradores de Tarauacá perderam um casarão histórico, e com ele perderam patrimônio cultural e memória histórica, e por outro lado, ganharam um ‘abacaxi’ de problemas.

Hoje, nas redes sociais, circularam várias fotos dos terminais da agência:

Fonte: portaltarauaca

Última modificação em Segunda, 16 Julho 2018 13:16

Entre para postar comentários

 

« Novembro 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    

Acre

    RRC TV

    Contatos

    Endereço: Justiniano de Serpa, n° 84, centro.

    Ricardo Galeria, Box 06

    Cidade: Tarauacá – Acre, CEP: 69970-000

    Telefone: (68) 3462-3015

    E-Mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.