Você está aqui: Home

Cruzeiro do Sul vive momentos de tensão com mosquito da Dengue Destaque

Escrito por  Publicado em Saúde Terça, 21 Outubro 2014 15:09
A Dengue mata seja mais um na luta contra este terrível mosquito A Dengue mata seja mais um na luta contra este terrível mosquito

Desde que foi confirmado o primeiro caso de Dengue no município de Cruzeiro do Sul, no inicio do ano 2014, os números não param de crescer. Até o momento já são 15.000 casos notificados, sendo que destes, 50% são positivos, o que representa a metade das notificações. Dados mostram que os bairros com maior incidência de casos da doença são Telégrafo, Remanso, João Alves e Bairro São José.

 

Os pacientes suspeitos de Dengue são atendidos nos postos de saúde que atendem diariamente as pessoas com os sintomas da Dengue más por conta do numero que não para de crescer foram criados alguns pontos de referencia nos bairros mais afetados para atender a população, como o Posto da Avenida 25 de Agosto; Posto Jesuíno Lima, no bairro do Alumínio e o Hospital Dermatológico no bairro do Telégrafo que atende aproximadamente trezentos pacientes por dia nos locais de Referência foram criados salas de hidratação para atender pacientes que chegam às unidades e tem confirmando a doença, e que apresentem quadro de maior gravidade.

 

Os números são preocupantes! Pois em uma população de quase 80 mil habitantes, ter mais de sete mil casos confirmados, pode ser o notado a gravidade da situação para a população Cruzeirense principalmente os das Áreas Urbanas.

 

Umas equipes de profissionais fazem visitas diariamente nos Pontos Estratégicos reforçando a parte de limpeza pública e orientando a comunidade a contribuir para o combate a ao mosquito.

 

Nebulização é uma das medidas para conter avanço em áreas mais críticas (Foto Luiz Setti/arq. Pessoal)Nebulização é uma das medidas para conter avanço em áreas mais críticas (Foto Luiz Setti/arq. Pessoal)

 

Até o momento, não há registro de óbito por dengue no município.

 

A dengue é um processo sistêmico, que envolve várias situações de organização. Isso vai desde o momento em que o paciente é atendido nas unidades de saúde, até o retorno desse paciente para sua casa, onde ele deve ter também obrigações com movimento de combate à doença, limpando seu terreno, organizando de sua casa. Tudo repercute favoravelmente para que se consiga ter uma assistência melhor no controle da doença.

 

Segundo os comerciantes da cidade de Cruzeiros do Sul, desde que os primeiros casos de Dengue foram diagnosticados no município, em fevereiro de 2014, têm sido registradas muitas faltas em razão do afastamento dos funcionários acometidos com a doença, por que antes os atestados médicos liberavam os funcionários por 03 dias, agora é sete dias de afastamento, o que causa um prejuízo para o comércio.

 

Comerciantes de Cruzeiro do Sul receberam orientações sobre dengue (Foto: Vanísia Nery/G1)Comerciantes de Cruzeiro do Sul receberam orientações sobre dengue (Foto: Vanísia Nery/G1)

 

Nos municípios visinhos de cruzeiro do Sul (Rodrigues Alves e Mancio Lima) está sendo preparada uma equipe de agentes para estar preparados para lidar com possíveis notificações da doença, caso venha ser afetados a população vizinha.

Carlos Santos/RRCTV

Última modificação em Terça, 21 Outubro 2014 15:17

Entre para postar comentários

Acre

    RRC TV

    Contatos

    Endereço: Justiniano de Serpa, n° 84, centro.

    Ricardo Galeria, Box 06

    Cidade: Tarauacá – Acre, CEP: 69970-000

    Telefone: (68) 3462-3015

    E-Mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.